Situações bizarras ocorridas com o jogo Pokémon Go

Confira algumas situações bizarras enfrentadas por jogadores de Pokémon Go em todo o mundo…

situacoes bizarras ocorridas com o jogo Pokemon Go marido capturando pokemon no parto da esposa

Situações inusitadas em Pokémon Go

Situações bizarras de Pokémon Go

O jogo Pokémon Go foi lançado há menos de 10 dias e já virou febre em diversos países. São milhares de pessoas andando pelas ruas atrás de dos monstrinhos virtuais.

O que nem todos podem estar cientes é da quantidade de situações inusitadas que vem acontecendo desde o lançamento do jogo. A lista varia de prédios públicos invadidos a encontrar os monstrinhos em lugares bastante inusitados.

Vamos conferir a lista com os acontecimentos mais bizarros desde o lançamento do jogo?

Pokémon Go serve de isca para assaltos

Nem tudo são flores nesse animado jogo. Tem muita gente mal intencionada usando o aplicativo para atrair jogadores para lugares afastados das cidades.

Como isso? Eles rastreavam Pokémons em locais pouco iluminados em que pudessem assaltar e levar os pertences dos jogadores. Felizmente a polícia conseguiu prender os assaltantes.

   

PokeVírus

Tem um vírus atacando os celulares de pessoas que tentam buscar o aplicativo em países em que o ainda não foi lançado.

Por isso, cuidado! Sempre baixe o jogo nas lojas oficiais de aplicativos para Android e iPhone.

Tem gente pedindo mais respeito!

Existem casos relatados de jogadores que invadiram uma estação policial na Austrália, por ela ter virado um pokéstop – local que permite conseguir mais pokébolas e equipamentos.

Os policiais alertaram que os jogadores não precisam entrar no local para conseguir os equipamentos, e lembram que durante o jogo é importante olhar para os lados enquanto anda e atravessa as ruas da cidade.

Museu do Holocausto e Cemitérios

Outro caso que incomodou bastante gente foi quando jogadores começaram a caças pokémons dentro do Museu do Holocausto em Washington, D.C. O diretor de comunicação do museu lembrou que os smartphones podem ser usados para interagir e compartilhar os conteúdos do museu, mas que o jogo é inapropriado para o local.

Os cemitérios também estão se tornando local comum para jogadores, já que locais abertos são paradas para os jogadores.

Garota procura Pokémon e encontra corpo

Uma jovem de 19 anos procurava um Pokémon próximo do Big Wind, rio de Wyoming, mas ao invés de encontrar o monstrinho, a jovem se deparou com o corpo de um homem morto nas margens do rio.

A polícia informou que não se trata de um crime, mas de um possível afogamento.

Homem encontra Pokémon durante o parto da filha

Durante o nascimento da terceira filha de Jonathan Theriot, um Pidgey apareceu ao lado da cama da esposa. Ao invés de ficar brava, a esposa de Theriot riu e revirou os olhos para a situação.

A captura foi fotografada e virou notícia na internet.

 

Responder